Substantivo feminino é o trabalho de estréia da poeta carioca Maria Rezende. Lançado em 2003 em edição independente que logo esgotou, foi relançado em 2012 pela Editora Ibis Libris.

Impressões sobre o livro:

"Maria Maria, querida poeta Maria! Desde o título Substantivo feminino já fiquei seduzido. Muito obrigado pelo presente. Acho que você tem ferramentas para continuar. É poesia substantiva mesmo. A mulher inteira dentro das palavras. Poesia é fenômeno de linguagem do que de idéias. Isso você sabe. Assim você é poeta. Carinhoso abraço do Manoel de Barros"

"Você vai ver e sentir aqui a juventude, a ilusão, o bordado, o direito e o avesso do tecido poético dessa Maria. Estão aqui seus medos, sua anja e sua diaba, sua jovem Eva e sua ancestral Lilith, seu amor enorme, sua escancarada e resistente esperança, e mais todas as cores de seus novelos. o verso de Maria surpreende, desconcerta. Às vezes, de tão ingênuos, nos provoca maternidade, noutras de tão maduro, nos dá colo." Elisa Lucinda

 

 

Substantivo Feminino

R$30,00
Substantivo Feminino R$30,00

Substantivo feminino é o trabalho de estréia da poeta carioca Maria Rezende. Lançado em 2003 em edição independente que logo esgotou, foi relançado em 2012 pela Editora Ibis Libris.

Impressões sobre o livro:

"Maria Maria, querida poeta Maria! Desde o título Substantivo feminino já fiquei seduzido. Muito obrigado pelo presente. Acho que você tem ferramentas para continuar. É poesia substantiva mesmo. A mulher inteira dentro das palavras. Poesia é fenômeno de linguagem do que de idéias. Isso você sabe. Assim você é poeta. Carinhoso abraço do Manoel de Barros"

"Você vai ver e sentir aqui a juventude, a ilusão, o bordado, o direito e o avesso do tecido poético dessa Maria. Estão aqui seus medos, sua anja e sua diaba, sua jovem Eva e sua ancestral Lilith, seu amor enorme, sua escancarada e resistente esperança, e mais todas as cores de seus novelos. o verso de Maria surpreende, desconcerta. Às vezes, de tão ingênuos, nos provoca maternidade, noutras de tão maduro, nos dá colo." Elisa Lucinda